Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Diário da Jessie Bessie

Eu sou para cada pessoa aquilo que ela acha que eu sou, mas o que para mim importa é o que eu estou à procura de ser e isso eu ainda não sou.

E voltamos à rotina (...)

Há já uma semana que começou o 2º semestre.

Mas tal como acontece em todos os semestres de todos os anos (já tenho 4 semestres de experiência), as primeiras aulas são sempre de apresentação (como se não nos conhecessemos já todos, visto que os professores nem são assim muitos na minha faculdade), de análise e (mais precisamente) leitura da ficha de unidade curricular (como se não a pudessémos ler em casa) e de formação de grupos de trabalho (o que até dá jeito ser feito logo no início das aulas, porque assim sabemos logo quando iremos apresentar, sobre o quê e com quem). 

Para minha surpresa, a formação de grupos de trabalho este semestre anda a correr muito bem (embora a quantidade de trabalhos seja imensa, apesar de muita boa gente dizer que em Psicologia não se trabalha e/ou estuda). Com isto quero dizer que ando numa maré de sorte, onde eu escolho um determinado tema, que quero muito e (sabe-se lá como), esse tema acaba por ser meu, através de um sorteio random que os professores fazem. 

Após a primeira (dita) semana de aulas (que acabam por não ser aulas nenhumas, porque só vais lá dar o ar da tua graça), começam as aulas a sério, e eu já não estava habituada a isto, confesso. Depois de um mês de férias (sim, porque acabei os exames todos em 1ª fase, um viva a mim!), voltar a entrar na rotina de ouvir os professores a falar sobre autores, teorias e isto e aquilo, custa (e não é pouco). 

Só para terem uma ideia hoje saí às 21h das aulas. E isto porquê?! Porque na minha faculdade (infelizmente) não sabem fazer horários, e colocaram-me um furo das 15h às 17h, para depois sair às 21h (e como dizem as minhas colegas de casa, não estou a saber lidar com isto). 

Vida de estudante não é fácil, vida de estudante (pelo menos a minha) não passa por apanhar bebedeiras e ir a discotecas às quintas ou por não ir às aulas. Eu estudo, vou às aulas, já entrei na biblioteca da minha faculdade (inúmeras vezes), e raramente vou a festas (sim, a minha vida social é praticamente inexistente).

Mas não se preocupem, o meu espírito positivo diz-me que no futuro, todos os convites de festas que recusei, vão ser compensados com muito sucesso! É como dizem, a esperança é a última a morrer, mas o semestre está longe de acabar. (A

Vidadeestudante.jpg

 

Jessie Bessie

 

 

2 comentários

Comentar post

ablogger

Jessie Bessie | 22 anos | Portugal

Embaixadora da Mais Mimus

Translate Google


Follow

Visualizações Blogs Portugal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.