Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Diário da Jessie Bessie

Eu sou para cada pessoa aquilo que ela acha que eu sou, mas o que para mim importa é o que eu estou à procura de ser e isso eu ainda não sou.

#À Mesa | Rota de Tapas 2015

À Mesa.jpg

 

Ora, antes demais bom domingo a todos.

 

Hoje trago-vos mais um À Mesa. Desta vez, venho-vos apresentar o meu itinerário da 6ª edição da Rota de Tapas Estrella Damm, que se realizou de 15 de outubro a 1 de novembro, em alguns restaurantes de Lisboa. Eu sei que este post já vem "atrasado", mas ainda assim podem visitar alguns destes sítios em qualquer altura do ano, ou esperar até à próxima edição da Rota de Tapas. 

 

Inicialmente, e dos inúmeros sítios que se podem visitar nesta e em outras edições (e aproveito já para dizer que em todos eles se tem direito a provar uma tapa e uma cerveja Estrella Damm, por apenas 3€), escolhi para visitar 13:

 

#1: Gayola

#7: Tapas Bar 52

#11: Santo Antão

#13: Taberna Rossio

#19: Tapas do Bairro

#31: The George

#35: O Lugar

#50: Ti Camila

#38: Cachorraria Nacional

#42: Taberna à Lapa

#43: Tunel de Santos

#45: Velha Gaiterra

#48 Maruto

 

Rota-de-Tapas-2015-outnov.jpg

 

No entanto, ir a 13 sitios ficava um pouco carote para mim, e então escolhi apenas 3:

 

#1: Gayola

#38: Cachorraria Nacional

#13: Taberna Rossio

 

E exactamente por esta ordem, lá fui eu!

1ª paragem, Gayola: Primeira impressão foi péssima. Em relação ao atendimento, aconselhava a senhora que me atendeu a comer mais açúcar para ficar mais doce. E depois não gostei do que comi, e sinceramente achei que mesmo por 3€ (não ia à espera de um banquete, como é óbvio, e além disso estava ali à espera de tapas, não de um prato de comida), o que me foi servido não era o que haviam prometido no folheto.

Para além disso, foi a primeira vez (e última) que provei cerveja, e esqueçam, não é para mim. A única coisa que se safou neste sítio foi mesmo o sítio em si, pois é um espaço muito acolhedor e com uma boa decoração.

 

12193994_672135076222367_356484175_o.jpg12207349_672135052889036_1498368053_o.jpg

 

2ª paragem, Cachorraria Nacional: Adorei! Queria repetir! Foi das melhores coisas que provei. O atendimento foi impecável, muito atenciosos. A comida era de comer e chorar por mais. E passei a gostar de doce de framboesa! Ainda irei lá novamente, podem apostar! (Além disso, vi os preços, e são muito acessíveis, por isso aproveitem!)

 

12197037_672135046222370_320201002_o.jpg

12197091_672135042889037_1085476811_o.jpg

 

Embora tenha dito que iria visitar ainda outro sítio (A Taberna do Rossio), mudei de ideias.

Foi a 1ª vez que fui à Rota de Tapas e infelizmente (e apesar de ter adorado ir à Cachorraria Nacional), não fiquei impressionada. E por isso, e também por compensar mais economicamente, acabei por acabar a minha noite nos 100 Montaditos.

 

12208981_672134732889068_1849306600_o.jpg

 

 

Acho que não podemos gostar de tudo, e para quem não gosta de cerveja (como eu), acho que o melhor é gastar bom dinheiro, nas coisas que realmente gostamos. Pode ser que na próxima edição reconsidere, mas até lá, é uma experiência a não repetir.

 

 

http---signatures.mylivesignature.com-54493-344-42

 

 

 

 

 

 

ablogger

Jessie Bessie | 22 anos | Portugal

Embaixadora da Mais Mimus

Translate Google


Follow

Visualizações Blogs Portugal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.