Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Diário da Jessie Bessie

Eu sou para cada pessoa aquilo que ela acha que eu sou, mas o que para mim importa é o que eu estou à procura de ser e isso eu ainda não sou.

3, 2, 1 ... Pipocas | Steve Jobs

-POP.jpg

 

 

 

Steve Jobs é uma das estreias da semana passada nos cinemas.

Este novo filme sobre a biografia do co-fundador da Apple, que conta com Michael Fassbender no papel principal, é realizado por Danny Boyle e escrito por Aaron Sorkin. O filme é lançado após 4 anos da morte de Steve Jobs, e promete ser um sucesso.

 

steve-jobs-movie-2015-holding.jpg


Para quem gostou do filme "Slumdog Millionaire", prevê-se que também irá gostar de "Steve Jobs". E isto porque ambos os filmes são do mesmo realizador, Danny Boyle. Eu posso ser suspeita, (porque adoro o trabalho dele) mas confesso que 30% da razão que me levou a gostar do filme, foi porque foi realizado por ele. E com isto, saliento a parte final do filme (que na minha opinião está magnífica)!

UniversalDirector Danny Boyle (left) with screenwr

Este novo filme sobre a vida de Jobs, explora muitos os ensaios e os triunfos do génio, que leva à criação do iMac e posteriormente do iPod. O factor inovador é que também se fala período em que Jobs esteve afastado da Apple, assim como a sua vida pessoal, nomeadamente da relação com a filha, Lisa.

Uma das revelações do filme é Michael Fassbender. O actor que anteriormente tinha surpreendido pela cena chocante com Lupita Nyong'o, em "12 Years A Slave", regressa agora como Steve Jobs. O desafio parecia ser grande, mas Fassbender parece estar à altura. Apesar de no final do filme, sairmos da sala com um "ódiozinho" a Jobs, devido à sua personalidade fria e arrogante (pelo menos, é o que o filme nos transmite). 

screen-shot-2015-07-01-at-10-52-11-am.pngsteve-jobs-movie04.jpg
Outro dos papéis a destacar, é o interpretado pela Kate Winslet. Esta actriz, que parece a mais emocional no filme inteiro, e a voz da razão de Jobs, quase que me levou às lágrimas, num discurso sobre a parentalidade. Não é a actriz principal, mas tem sem dúvida o seu impacto no filme. 

kate-winslet-best-roles-steve-jobs.jpgmaxresdefault.jpg

Por último, destaco a interpretação de Seth Rogan, que interpreta Steve Wozniak, amigo e parceiro de Jobs. Seth que até então só tem participado em papéis mais de comédia e paródia, como em "Neighbors" e "Knocked Up", surge agora num registo mais sério, e muito mais interessante. Caso para dizer, venha mais!


Screen Shot 2015-07-03 at 10.48.53 AM.png



Então afinal devem ou não ver o filme?
Na minha opiniões, existem pontos bons e pontos maus... Aqui fica a lista:

❌ Apesar de ser um filme diferente de todos os que já foram feitos sobre Steve Jobs, este filme tem muitos lapsos, principalmente temporais, o que o pode tornar um pouco confuso.

✔ Para quem não entende de tecnologia, não se preocupe. Apesar de se falar em alguns termos técnicos, consegue-se perfeitamente entender o contexto.

❌ Neste filme, fala-se muito da vida pessoal de Jobs e da sua personalidade, mas no entanto a sua relação com a sua filha é pouco clara, e cai como “paraquedas” no filme.

✔ As interpretações relativamente às personagens do filme, principalmente do actor Michael Fassebender (que interpreta Steve Jobs), Seth Rogan (que interpreta Steve Wozniak, o parceiro de Jobs na criação da Apple) e Kate Winslet (que interpreta Joanna Hoffman, que é basicamente o braço direito de Jobs.)

✔ Não se faz muito ênfase à Apple. Mas a meu ver, isto também pode ser um ponto positivo, porque ninguém vai ao cinema para ver publicidade.

✔ A realização, apesar de não ser dos melhores filmes de Danny Boyle, é algo que inova este filme entre outros filmes feitos sobre o mesmo assunto, Steve Jobs.

❌ Este filme faz parecer que Steve Jobs foi um inútil para a Apple, principalmente na cena em que Wozniak acusa Jobs de ser apenas um “mandão”, e de não fazer algo realmente útil na criação dos seus projectos.

❌ Durante quase todo o filme, vemos Jobs envolvido em inúmeras discussões com inúmeras personagens, e segundo fontes, muitas destas discussões nunca existiram. Isto atribui pouco credibilidade ao filme, o que é preocupante visto que se trata de uma biografia.

screen-shot-2015-07-01-at-12-37-27-pm.png

Vê o trailer aqui.

Votação: 8/10

AnteestreiaSteveJobs.jpg


Boas estreias
,

 http---signatures.mylivesignature.com-54493-344-42





 

ablogger

Jessie Bessie | 22 anos | Portugal

Embaixadora da Mais Mimus

Translate Google


Follow

Visualizações Blogs Portugal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.