Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Diário da Jessie Bessie

Eu sou para cada pessoa aquilo que ela acha que eu sou, mas o que para mim importa é o que eu estou à procura de ser e isso eu ainda não sou.

3, 2, 1 ... Pipocas | JOY

-POP.jpg

 

Resolvi começar o ano da melhor maneira: com cinema. Escolhi um filme, que me suscitou o interesse desde logo pelo trailer (aqui), e mais tarde pelas nomeações que recebeu para os Globos de Ouro (um para Melhor Actriz, Jennifer Lawrence, e outro para Melhor Filme Comédia/Musical). 

 

O filme chama-se Joy, e estreia a dia 7 de janeiro de 2016, em Portugal.

 

Joy-2015-Movie-Wallpaper-31.jpg

 

Joy é o mais recente filme protagonizado por Jennifer Lawrence, e que conta com um elenco de luxo, com actores como Robert De Niro e Bradley Cooper

Realizado por David O. Russell, este filme (que apesar de se intitular como comédia, tem mais drama e tristeza do que felicidade), conta a história de uma rapariga, de nome Joy, que tem uma ideia. Essa ideia vai ser a razão de muitas tristezas e alegrias na vida de Joy, mas que a irá tornar numa mulher de negócios. 


01-jennifer-lawrence-as-joy.jpg

joy_film_star_cast_jennifer_lawrence_hd_image.jpg

 

Este filme tem imensos pontos fortes, e consigo entender o porquê de ter sido nomeado para melhor filme. No ínicio, este filme diz ser inspirados em todas as mulheres corajosas, e de facto é. Coragem, arriscar, "deixar o medo de lado", "lutar pelo que se acredita" são todo lemas que estão presentes do ínicio ao fim, e é o que torna o filme num "Tenho de ver isto!".

Joy_HQ_Screencaps-22.png


Outro ponto forte de que já falei é o elenco, que se destaca. Embora já tenha visto a Jennifer Lawrence em melhores performances, não imaginaria outra pessoa para este papel. Para os fãs de Hunger Games, fiquem a saber que a Joy mete a Katniss a um canto em termos de coragem e ousadia. 


c685c79e265036398b0f6a706700ca61.jpg

joy-movie-review-2015-lawrence.jpg

maxresdefault.jpg

 

Mais um ponto forte neste filme é a caracterização (coisa que por acaso nunca referi antes sobre outro filme). Gostei imenso de ver o filme, pelas roupas (visto que o filme se passa em 1995 são um pouco diferentes de agora), gostei dos sítios onde foram realizados as filmagens, verdadeiramente americanos (convém dizer que o sítio das filmagens foi em Boston).


rs_560x415-150817124518-1024-jennifer-lawrence-bra

Contudo, o filme não é perfeito. Embora seja muito inspirador, torna-se um pouco (diria) enfadonho. Digamos que é horrível estares a ver um filme e sentires agonia pela mulher (a Joy), porque nada lhe parece correr bem. 
Para além disso, torna-se confuso. O filme tem cerca de 2h, e digo-vos que na 1h vocês não irão entender muito bem porque estão a ver aquele filme em particular. Mas nada temam, porque assim que o Bradley entra em acção, o caso muda de figura, e vocês vão adorar tudo do início ao fim (eu pelo menos adorei).


joy-1.jpg

movie-review-joy-film.jpg


Sei que apesar do filme estar muito bom (na minha opinião), não deverá ganhar nenhum prémio. No entanto, foi uma bela maneira de começar o meu 2016. Este filme preza-se pelo tema, pela coragem em enfrentar as adversidades da vida, e visto que temos 366 (neste caso, 365 dias, porque o 1º já foi) dias pela frente, acho que o filme é um bom encorajador para quem:

1- Está prestes a entrar na época de exames (como eu)
2- Está prestes a ter uma entrevista de emprego (não é o meu caso, mas conheço quem esteja)
3- Está prestes a abandonar o país (tal como eu)
4- E simplesmente tem medo de alguma coisa, e não gosta muito de arriscar (acho que isto está presente em todos nós)

6432ef60-84dc-0133-4f25-06d89a87910d.png

 

Por isso, já sabem, não perdem nada se virem o filme, e pode ser que ganhem algo, nem que seja o entusiasmo.


joy.jpg

Votação: 8/10

http---signatures.mylivesignature.com-54493-344-42

 






ablogger

Jessie Bessie | 22 anos | Portugal

Embaixadora da Mais Mimus

Translate Google


Follow

Visualizações Blogs Portugal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.