Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Diário da Jessie Bessie

Eu sou para cada pessoa aquilo que ela acha que eu sou, mas o que para mim importa é o que eu estou à procura de ser e isso eu ainda não sou.

3, 2, 1 ... Pipocas | Black Mass

-POP.jpg

 

Sem mais demoras, e porque já está no cinema, a ESTREIA da semana de que vos vou falar hoje é "Black Mass", ou em português, "Jogo Sujo".

Também, e sem demoras, vou começar por dizer, que podem ir ao cinema (caso queiram, que eu aqui não obrigo ninguém), mas se forem não vejam o trailer, ou então arriscam-se a acabar como eu: super entusiasmada com um filme (que tem realmente potencial - basta olhar para o elenco e para a história sobre um dos maiores mafiosos de todos os tempos), e a sair do cinema em lágrimas e desapontada, porque afinal o trailer promete mais do que o filme oferece. 

 

12077089_664943510274857_1878136264_n.jpg

 

E pronto, (pensam vocês), ela já fez a critica e não preciso ler mais... Ora enganam-se, se pensarem assim, e passo a explicar se continuarem a ler este post.

"Black Mass" é um filme realizado por Scott Cooper e escrito por Mark Mallouk e Jez Butterworth, que por sua vez é baseado no livro "Black Mass: The True Story of an Unholy Alliance Between the FBI and the Irish Mob" escrito por Dick Lehr e Gerard O'Neill.

 

johnny-depp-in-black-mass-movie-poster.jpg

 

Conta a história do famoso gangster James “Whitey” Bulger (interpretado por Johnny Depp), que em Boston, na década de 70, se torna "informador" e colaborador do FBI, por "pedido" do seu antigo amigo, e agora agente do FBI, John Connolly (Joel Edgerton). Mas atenção, nada disto é como parece, até porque o objectivo de ambos era eliminarem o seu inimigo comum: a máfia Italiana (no caso de Bulger pelo poder e território, e no caso de Connolly por ascenção na carreira). Esta "aliança" torna possivel a Whitey ludibriar a autoridade, e assim consolidar o seu poder e tornar-se num dos criminosos mais cruéis e perigosos da história de Boston. FIM! (pensam vocês, mais uma vez enganados)

 

6106933_black-mass-does-big-box-office-in-boston_f

 

Isto não é assim tão linear, mas antes de passar às criticas propriamente ditas ao filme, vou (porque tenho mesmo) de elogiar o elenco (que está do caraças, mesmo!).

Não devo provavelmente ser a única rapariga fascinada pelo Johnny Depp, mas neste filme ele vai para além de tudo, e isso vai-se comprovar pela nomeação a melhor actor dos Óscares 2016. 

 

transferir.jpe

 

No entanto, (e com muita pena minha) duvido que seja desta que ele "arrecade" o Óscar, mas realmente o desempenho dele no filme, vai para além da genialidade. E tendo em conta que o próprio James Bulger (sim, aquele que está preso eternamente) se recusou a falar com Depp, ele conseguiu com mérito (único) próprio interpretar um dos maiores mafiosos de sempre. Parabéns!

 

 

black1.jpg

 

Outra personagem que quero felicitar, (embora apareça literalmente 10 minutos no filme) é a Dakota Johnson. Não, não sou fã das "50 Shades of Grey", mas fiquei surpreendida pelo desempenho dela no papel de mulher do James Bulger (Johnny Depp). Durante o filme inteiro é a única que faz frente ao Bulger e sai intacta por completo (juro, nem com um arranhão ela ficou - o que é raro, se virem no filme). 

E além disso, ela também me comoveu, quando (SPOILER ALERT) queria desligar as máquinas ao filho que estava em morte cerebral. 

 

Black Mass.jpg

blogger-image-856813641.jpg

dakota-johnson-black-mass.jpg

 

A última personagem que quero felicitar é Jesse Plemons (que interpreta Kevin Weeks no filme). Para mim, foi a grande revelação do filme. A sua maneira de interpretar alguém que se junta a um gangue foi realmente diferente de todas as personagens que interpretaram membros da máfia neste filme. Felicito-o pela "lufada de ar fresco" que dá ao filme.

 

48091645.cached.jpg

 

Agora indo ao que interessa... Se me perguntassem "Então Jessie, gostaste do filme?", a minha resposta seria esta:

"É um bom filme. Já vi melhores e também já vi piores. Adorei o Johnny Depp, não por ser quem é, mas porque me fez arrepiar não só no trailer, como em todas as cenas - em especial duas (que irei falar mais abaixo), do filme. Gostei do elenco em geral, é um grande elenco. Em relação à história, cinco estrelas ... mas o problema, para mim, está em quem realizou o filme. O filme tem potencial, mas tornaram-no lento, sem acção e com partes da histórias que são apenas meias verdades. Mas acho que todos deviam ver, só mesmo porque sim."

 

Black Mass Johnny Depp (1).jpg

movies-black-mass-still-03.jpg

 

De facto, (e não estou a mentir) um dos "senão" do filme, é este ser baseado em meias verdades e em ficção, como podem ler neste artigo do Expresso! Ao ler isso, fiquei realmente desapontada, e tenho mais vontade de ler o livro!

Outro "senão", é mesmo o facto de que para um filme de Máfia e gangsteres e com uma história destas, devia ter mais acção e não ser um filme parado como é. (Caramba, o trailer tem a emoção toda do filme, o que também ajuda, pela maravilhosa banda sonora de Yelawolf, "Till It's Gone").

O meu último "senão" (mas não menos importante) é que no filme todo, e com um elenco destes, só se focam em duas personagens: John Connolly (interpretado por Joel Edgerton) e James 'Whitey' Bulger (interpretado por Johnny Depp), esquecendo-se de nomes como Benedict Cumberbatch, que interpreta Billy Bulger, irmão de Jimmy (ou melhor James). 

 

BLACK-MASS.00_01_12_06.Still005.jpgtransferir (1).jpe

enhanced-12449-1438273649-1.png

 

Agora, indo aos "SIM": Sem dúvidas as cenas mais chocantes (representadas nas figuras abaixo) e com o Johnny Depp como protagonista, claro!

Na 1ª, James vai perguntar à mulher de John (que não é lá muito a favor da relação de ambas as personagens), porque razão ela não se junta a eles no jantar, mas fá-lo de um modo tão intenso que quase parece que a vai matar (mas calma, nem toda a gente morre no filme, isto não é escrito - graças a deus, ou não - pelo George R. Martin).

 

7953051,1rKAiOuINTDWikqGTRPjON3VigQ4zdQgtl5GzI6f7U

 

Na 2ª, nesse mesmo jantar, a conversa sobre uma receita de família entre Bulger e John Morris, outro agente do FBI, e parceiro de Connolly (interpretado por David Harbour), em que Bulger diz que se Morris se "chiba" em receitas de família, será que não o irá entregar também às autoridades por saber mais do que deve... Podem ver esta cena também, aqui!

 

62951.jpg

 

Outro "SIM", é a caracterização feita ao Johnny Depp, que o faz igualzinho ao próprio Bulger!

 

maxresdefault.jpg

 

E pronto, agora sim, já fiz a minha apreciação total. O filme tem pontos altos, mas parece que não chega bem ao topo, no entanto, devem ir ver, nem que seja pelo Johnny Depp. 

 

"Black Mass" estreou ontem, 8 de outubro de 2015, e encontra-se num cinema bem perto de si!

 

Black-Mass.jpeg

 

Vê o trailer aqui.

Votação: 7/10

 

Boas estreias,

http---signatures.mylivesignature.com-54493-94-03F

 

 

ablogger

Jessie Bessie | 22 anos | Portugal

Embaixadora da Mais Mimus

Translate Google


Follow

Visualizações Blogs Portugal


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.